Sopa de miso com algas Misoshiru

Quando publiquei esta sopa de miso na página do facebook, a seguidora Alzira teve a amabilidade de enviar esta receita do livro “o segredo de okinawa”.
Já gostei mais desta sopa! Fui ao celeiro buscar as algas que me faltavam e meti mãos à obra!_DSC4091

Ingredientes:
60 gr tofu
8 cogumels shitake secos
1 alho-francês
1 grande folha de alga kombu
5 gr algas wakamé
4 colh sopa pasta miso

Preparação:
Mergulhe os cogumelos durante 30 minutos em 20 cl de água morna, para os re-hidratar.
Coloque o kombu numa caçarola com 80 cl de água, leve a ferver e desligar o lume. Deixe macerar durante 20 minutos.
Lave o wakamé e corte-os em tiras finas. Lave o alho-francês e corte a sua parte branca em rodelas. Corte o tofu em pequenos cubos. Dissolva o miso numa concha do caldo de kombu.
Escorra os cogumelos, corte-os finamente e deite a sua água de imersão na caçarola. Retire o kombu, mantenha o caldo em lume brando e acrescente o alho-francês, o wakamé, os cogumelos, o tofu e, finalmente, o miso. Deixe aquecer 3 a 4 minutos, sem ferver.
Reparta por 4 taças aguarde até que o miso decante e sirva de imediato.

Notas do chefe:
Uma vez a pasta de miso incorporada no caldo, este não deve ferver mais. O miso perderia o seu sabor particular para se tornar bastante amargo.
A sopa típica de Okinawa, como aliás de todo o Japão. Pode ser igualmente guarnecida com legumes ou mesmo com algumas massas de arroz, mas nunca constitui uma refeição em si e deve permanecer ligeira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...