Upside down cake de iogurte e ananás

Um bolinho de vez em quando sabe muito bem, e este serviu para gastar uma lata de ananás que andava na despensa a precisar de ser usada.
Estava uma delícia 🙂_DSC4187

Ingredientes:
Raspa de 1 limão
5 ovos
1 iogurte magro grego natural
75 gr açúcar mascavado
75 gr açúcar amarelo
ananás calda q.b.
40 gr côco fresco ralado
70 gr becel líquida
200 gr farinha
20 fr farinha integral
1 colh chá fermento
maple syrup q.b._DSC4199

Preparação:
Ligar o forno a 180º.
Forrar o fundo da forma com um pouco de maple syrup e barrar a forma toda com ele. Colocar fatias de ananás por cima de forma a forrar o fundo.
Colocar a casca do limão no copo da bimby, junto com 2 colheres de açúcar amarelo, e pulverizar 5 seg na vel 9. Juntar 50 gr de ananás e moer 5 seg / vel 9.
Juntar os restantes ingredientes, excepto a farinha e o fermento e programar 5 min / vel 4.
Acrescentar as farinha e o fermento e programar 6 seg / vel 4.
Verter por cima do ananás e levar ao forno por +/- 30 minutos.

Uns maravilhosos e saudáveis muffins de aveia e maçã

Um destes dias o amigo Amândio serviu-nos para o lanche uns maravilhosos muffins de aveia e maçã.
Estavam perfeitos!!! Deliciosos!!
Claro que pedimos logo a receita e tivemos pressa em reproduzir em casa. Acrescentámos umas coisitas e substituímos o açúcar e ficaram deliciosos!!
Super simples de fazer e comem-se sem culpa 😉_DSC3958

Ingredientes (deu cerca de 16 muffins pequenos):
150 gr leite
1 colh sopa vinagre
160 gr farinha integral
sal q.b.
5 gr fermento

2 gr bicarbonato
noz moscada q.b.
cardamomo q.b.
gengibre moído q.b.
160 gr flocos aveia
3 gr canela
1 colh sopa stevia
2 colh sopa xarope de milho (o original leva 2 1/2 colh sopa açúcar amarelo)
2 ovos
baunilha q.b.
2 colh sopa oleo
25 gr gengibre cristalizado
30 gr pepitas chocolate branco
1 maça pequena ralada
1 maçã pequena em cubos_DSC3960

Preparação:
Juntar o leite e o vinagre e deixar uns minutos, para coalhar.
Numa tigela grande, misturar a farinha com o sal, o fermento, o bicarbonato e as especiarias, usando uma vara de arames; acrescentar os flocos de aveia.
Verter os ovo batidos, a baunilha, o leite, o óleo e a maçã ralada e misturar. Acrescentar a maçã picada, o gengibre e as pepitas e levar ao forno a 190º, numa forma de muffins forrada com forminhas de papel, 15-20 minutos. _DSC3967

Banana bites

Na procura de receitas mais saudáveis, encontrámos estas banana bites, não vão ao forno e ficam absolutamente fantásticas 🙂
Rápidas, práticas e deliciosas!
A inspiração veio daqui.
_DSC2900
Ingredientes:
110 gr farinha aveia
25 gr proteína
sal q.b.
canela q.b.
1 colh sopa stevia
2 colh sopa xarope milho
50 gr manteiga coco
40 ml leite
1 banana esmagada
20 gr farinha coco
chocolate s/ açúcar derretido_DSC2901

Preparação:
Numa taça juntar as farinhas, a proteína, a canela, sal, stévia e misturar bem. Juntar a banana esmagada e amassar bem.
Aquecer o xarope e a manteiga de coco até derreter. Adicionar à taça e voltar a amassar.
Juntar aos poucos o leite, envolvendo sempre até obter uma massa firme.
Com as mãos moldar bolinhas pequenas e levar ao frio no mínimo 20 min.
Salpicar a gosto com chocolate derretido.

Crumble de amoras e framboesas Light

Gostamos imenso de crumble e procurámos uma receita que fosse mais light. Encontrámos esta.
Tínhamos uns frutos vermelhos para gastar e lá saiu um crumble levezinho._DSC2114

Ingredientes:
frutos vermelhos
2 colh chá stevia ou mel
1 + 1/4 cháv chá flocos aveia
1/2 cháv chá farinha
1/4 cháv chá amêndoa laminada
1/3 cháv chá oleopage

Preparação:
Aquecer o forno a 180ºC. Untar a forma com um fio de oleo.
Misture a fruta com a stevia numa taça. Despeje para a forma.
Em outra tigela misturar a aveia, a farinha, a amêndoa, a restante stevia e o oleo e misture.
Coloque esta mistura por cima da fruta e leve ao forno por cerca de 1h ou até a fruta borbulhar._DSC2117

Tarte de maçã assada

Como sabem adoramos tartes de maçã cá por casa.
Esta é diferente, saiu na revista pingo doce e só lhe acrescentámos a massa filo por fora.
Ficou bem apetitosa!! Se a quiserem tornar mais húmida por dentro, coloquem um pouco de mel, porque ela fica pouco doce!!_DSC1435

Ingredientes:
2 colh sopa azeite (p/ untar)
3 colh sopa amido milho
4 colh sopa açúcar mascavado
1 colh sopa canela pó_DSC1456
2 Kg maçã reineta
7 colh sopa amêndoa laminada
massa filo_DSC1448

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 160º C. Unte com azeite uma forma redonda de 22 cm de diâmentro e forre-a com a massa filo.
Misture o amido de milho com o açúcar e a canela
Descasque as maçãs, tire-lhes os caroços e corte-as em fatias finas. Disponha as fatias de maçã na forma em camadas, polvilhando cada uma com a mistura de açúcar. Leve ao forno cerca de 50 min ou até as maçãs estarem tenras.
Quando o tempo estiver a terminar, espalhe as amêndoas sobre um tabuleiro e leve-as ao forno para alourarem. Retire a tarte do forno, deixe arrefecer e desenforme sobre o prato de servir e salpique com as amêndoas tostadas._DSC1442

Puré de maçã

As papas de aveia eram para mim, até há bem pouco tempo, algo que me fazia confusão até olhar. Papinhas de bebé não é para mim…
Estava tão enganada.. Tenho comido imenso papas de aveia de manhã e cada vez me sabem melhor 🙂
Decidi fazer um puré de maçã, para usar nas papas em alternativa à fruta e fica mesmo fantástico!!! Com a vantagem de não levar açúcar nenhum!!
_DSC1370
Ingredientes:
maças q.b.

Preparação:
Descascar e cortar as maçãs em pedaços. Colocar na bimby e programar 30 min, vel 1, 100º C.
No final programar uns segundos na velocidade 9 até obter um puré cremoso.

Semifrios de mirtilo

Uns semifrios mesmo bons!! Adoro a cor dos mirtilos!
Eu cá acho que além de bons, ficaram mesmo bonitinhos não acham?
_DSC0325
Ingredientes:
400 gr bolacha aveia
175 gr manteiga magra s/ sal
500 gr iogurte mirtilos
200 gr queijo creme magro
50 gr frutose
6 folhas gelatina
mirtilos q.b._DSC0334

Preparação:
Triture as bolachas, adicione a manteiga e continue a amassar.
Aqueça um pouco de iogurte e derreta as folhas de gelatina. Deixe arrefecer.
Junte a frutose com o iogurte e mexa bem. Envolva o queijo creme até estar uniforme. Finalmente junte a gelatina e mexa bem.
Coloque papel vegetal a envolver os aros e forre o fundo com a massa de bolacha. Por cima coloque o recheio. Leve ao frio até solidificar.
Decore com mirtilos ou faça uma compota de mirtilos 🙂_DSC0346

Pato confitado com batatas e puré de maçã

Esta receita foi retirada de uma revista chamada “cozinha fácil”. Tem receitas bem simples e apetitosas, como eu gosto.
Esta deixou-me desconfiada, por causa do puré de maçã, porque o pato cozinha só com sal… enfim, fiquei com dúvidas mas testei na mesma. E não me arrependi, ficou tão mas tão bom!!!
Experimentem… sem medos 🙂_DSC0595

Ingredientes (2 pess):
2 pernas pato
1/2 copo vinho porto
300 gr maçã reineta
25 gr açúcar mascavado
30 ml vinho branco
30 gr manteiga
1 pau canela
1 cravinho
sementes sésamo
batatas pequenas q.b.

Preparação:
Pre-aquecer o forno a 180º C. Retirar o excesso de gordura do pato, temperar com sal e colocar num tabuleiro de ir ao forno. Cozinhar durante cerca de 1h.
Descascar as maçãs, cortar a polpa em cubos e retirar os caroços. Colocar num tacho e adicionar o açúcar, a manteiga, o vinho branco, o pau de canela e o cravinho. Cozer em lume brando aproximadamente 30 a 35 min, mexer de vez em quando com uma colher de pau, até obter uma compota.
Descascar as batatas, lavar e cozer numa panela com sal cerca de 20 min, até ficarem tenras.
Recuperar a gordura que o pato largou entretanto para uma frigideira e saltear lá as batatas alguns minutos, já escorridas.
Verter o vinho do porto para a frigideira, mexer  e deixar reduzir até o molho ficar com uma consistência de xarope.
Retirar o cravinho e o pau de canela da compota e repartir pelos pratos. Servir o pato, as batatas e o pure, regado com o molho e polvilhado com sésamo.

Cheesecake de framboesa

Estes miminhos saíram numa Mulher moderna na cozinha do ano passado. Um destes dias, andava a vasculhar revistas antigas, e quando me deparei com eles ficaram logo marcados para testar urgentemente :).
Em boa hora, pois são absolutamente deliciosos!!
Fizemos algumas alterações, por forma a torna-los menos calóricos, no entanto deixo também a receita original para o caso de quererem testar!!! _DSC0295

Ingredientes:
200 gr bolacha tipo maria
180 gr manteiga à temperatura ambiente (usámos magra)
1 ovo
3 folhas gelatina incolor
1 cálice xarope de groselha
200 ml natas
500 gr queijo mascarpone (usámos queijo fresco barrar light)
6 colh sopa açúcar
250 gr framboesas congeladas
manteiga e molho de framboesas q.b._DSC0297

Preparação:
Triture as bolachas, adicione a manteiga e continue a amassar. Junte o ovo e amasse novamente. Unte um tabuleiro com manteiga e forre-o com papel vegetal, também untado com manteiga. Espalhe o preparado de bolacha pelo mesmo e reserve.
Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria, por 5 minutos. Escorra-as, junte-lhes o xarope de groselha e leve ao lume em banho-maria, por uns segundos, até derreter. Reserve. Bata firmemente as natas e adicione-lhes o preparado de gelatina.
À parte, disponha o queijo fresco barrar com o açúcar e mexa bem. Junte às natas e misture delicadamente. Espalhe as framboesas congeladas no tabuleiro, sobre o preparado de bolacha e coloque o creme por cima. Leve ao congelador até que fique bem firme. Desenforme e sirva o cheesecake cortado em rectângulos, regados com molho de framboesa._DSC0290

Tarte quente de figos

Andava com vontade de experimentar uma tarte com figos. Confesso que até há bem pouco tempo nem comia figos, mas lá me convenceram a provar, e ainda bem :).
A tarte foi retirada do livro culinarium da vaqueiro, alterámos um pouquinho e ficou deliciosa.
_DSC7848

Ingredientes:

para a massa:
170 gr farinha
80 gr amêndoa s/ pele moída
50 gr açúcar
125 gr margarina
1 ovo
raspa de 1/2 limão

para o recheio:
800 gr figos maduros
3 ovos
5 colh sopa natas
120 gr miolo amêndoa
90 gr açúcar
aroma baunilha
40 gr farinha_DSC7855

Preparação:
Misture a farinha com o açúcar, a amêndoa e a raspa de limão, junte a margarina Vaqueiro, cortada em bocadinhos e trabalhe em areia com as pontas dos dedos. Adicione o ovo e ligue bem. Deixe descansar 30 minutos.
Estenda a massa e forre com ela uma forma rectangular ou oval com bordos altos. Pique o fundo com um garfo, cubra-o com folha de alumínio e por cima coloque seixinhos ou feijão seco, para a massa não empolar. Leve ao forno, previamente aquecido a 200º C., durante 15 minutos.
Retire os seixinhos e a folha de alumínio do fundo da tarte.
Pele os figos, corte-os ao meio e reserve.
Numa tigela bata os ovos, como para uma omeleta, e incorpore-lhes as natas, a amêndoa finamente ralada (quase em pó), o açúcar, o aroma de baunilha e a farinha, batendo sempre com o batedor de varas até obter uma mistura cremosa e sem grumos. Deite este creme na caixa de tarte, disponha por cima a seu gosto, os meios figos e leve ao forno cerca de 25 minutos.
Quando o recheio ficar firme e presa e douradinho, retire a tarte do forno e polvilhe com um pouco de açúcar.Sirva, quente ou morna, na forma que foi ao forno.

Sobrou um pouco de recheio e massa, e fizemos umas mini tartes com ameixas rainha Cláudia!! Muito boas também!!
_DSC7837

Tarteletes de meloa

Mais uma receita retirada da revista Mulher moderna na cozinha. 
A meloa que for usada nesta receita, convém ser bem docinha. Nós tivemos azar, comprámos meloa com o interior cor-de-laranja e acabou por ficar um pouco sem sabor. 
Se não tiverem sorte na meloa, como nós, compensem com um pouco de açúcar.
Ingredientes (6 un):
Massa:
70 gr açúcar
35 gr manteiga à temperatura ambiente
1 ovo
140 gr farinha
manteiga e farinha q.b.
Recheio:
8 folhas gelatina
1 meloa média
3 colh sopa açúcar
2 iogurtes gregos naturais
hortelã q.b.
Preparação:
Prepare a massa; amasse bem o açúcar com a manteiga e junte o ovo e a farinha. Depois de bem amassado, deixe a massa repousar, por 15 min, no frigorífico. Decorrido o tempo, estenda a massa sobre uma superfície polvilhada com farinha até obter uma espessura fina.
Unte as tarteletes com manteiga e polvilhe-as com a farinha. Divida a massa pelas tarteletes e ajuste-as com as mãos de maneira a ficarem bem forradas. Forre-as com papel de alumínio e sobreponha leguminosas secas. Leve a meio do forno a 180º C durante 15 minutos. Retire, elimine o papel e as leguminosas e deixe arrefecer.
Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria, por 5 min. Escorra-as e reserve. Limpe a meloa e retire algumas bolas da polpa da mesma, reservando-as para decoração (fizemos triângulos).
Triture a restante polpa e coloque-a num tacho juntamente com o açúcar. Leve ao lume e deixe ferver, por um minuto. Retire do lume, deixe arrefecer um pouco e junte as folhas de gelatina, mexendo bem, até se dissolverem. Deixe arrefecer por completo e envolva delicadamente os iogurtes. Distribua pelas tarteletes e leve ao frigorífico, até solidificar. Sirva-as bem frescas decoradas com as bolas de meloa e hortelã.
Dica: A base da tarte ficou muito rija depois de ir ao frio. Aconselhamos, neste caso, que façam com base de bolacha, qualquer uma que não tenha de cozer, porque depois no frio enrijece imenso.

Bolo de morangos e Ruibarbo (Alemanha)

Mais uma receita retirada do livro “As 100 mais famosas sobremesas do mundo”. 
Este livro é uma tentação, cada coisa mais boa!!!
Ainda não tinhamos experimentado esta, pois ainda não tinha conseguido encontrar os ditos ruibarbos… E é tãooo caro!!! lol… Mas tinha de comprar para experimentar, e resultou num bolo com um sabor bem particular. 

“Morangos maduros e doces e ruibarbo, numa combinação deliciosa de sabores”.

Ingredientes:
Para a massa cozida:
2,5 dl água
125 gr manteiga
6 ovos
1 pitada de sal e outra de açúcar
200 gr farinha
Para o recheio:
6 folhas gelatina vermelha
500gr ruibarbo
2 colh chá maisena
500 gr morangos
200 gr doce de morango
1 colh chá raspa laranja
Para o recheio chantily:
4 folhas gelatina branca~
7,5 dl natas
50 gr açúcar
4 cl rum
Para a decoração:
30 gr lascas amêndoa torradas
2 morangos
4 pedaços ruibarbo
açúcar em pó
Preparação:
Prepare a massa cozida da seguinte forma: Deite a água, a manteiga e o sal num tacho. Vá mexendo continuamente até levantar fervura.
Junte a farinha peneirada de uma só vez ao líquido a ferver, continuando sempre a mexer com força.
Continue com a massa ao lume. A farinha consegue unir todos os ingredientes entre si. Não deixe de mexer.
Mexa até que a massa forme uma bola que se desprenda do fundo do tacho. Assim, o fundo ficará coberto por uma finíssima camada branca de massa.
Deite a massa numa tigela, deixe arrefecer e junte um ovo. Bata bem até o ovo ficar totalmente absorvido na massa.
Os outros ovos são adicionados um de cada vez, batendo bem. Com efeito, o ovo seguinte só deve ser adicionado depois de o outro estar completamente absorvido na massa.
Verifique a consistência da massa com uma colher de pau. A massa deve apresentar um aspecto liso e brilhante e desprender-se suavemente da colher.
Forre 2 tabuleiros de forno com papel. Desenhe 3 círculos com 24 cm diâmetro. Encha com massa cozida num saco de pasteleiro nº 6 e trace espirais. Comece pelo centro, deixando 1 cm de separação, dado que a massa aumenta muito de tamanho, até chegar ao fim da massa. A circunferência tem de ser deixada aberta.
Leve-as a cozer ao forno previamente aquecido (220ºC), durante cerca de 20 min até ficarem douradas). Retire-as do forno e deixe-as arrefecer sobre redes de cozinha.
Para o recheio, comece por lavar o ruibarbo, descasque-o e parta-o em pedaços muito pequenos. Limpe os morangos, lave-os e corte-os ao meio. Coloque as folhas de gelatina em água fria. Dissolva a maisena num pouco de água fria. Ferva o doce num tacho, junte os pedaços de ruibarbo e deixe ferver até que fiquem moles. De seguida, adicione os morangos, mexa e junte a maisena. Deixe que comece de novo a ferver com força. Agora, adicione, mexendo sempre, a gelatina bem amolecida, assim como a raspa de casca de laranja. Retire o tacho do lume e deixe arrefecer.
Amoleça as folhas de gelatina para o recheio de chantily. Esmigalhe-as e dissolva-as em água muito quente. Entretanto, bata as natas até obter um creme consistente. Muito lentamente e com cuidado, vá adicionando um fiozinho de açúcar. Por último, junte a gelatina já um pouco arrefecida. Com quatro quintos do chantily, encha num saco de pasteleiro munido de um grande bico redondo.
Para montar o bolo: sobre cada uma das 2 bases, forme com o saco 3 aneis  de chantily grossos. Recheie com o preparado de fruta o espaço entre estas 2 bases. Coloque as bases uma sobre a outra. Por cima, disponha a 3ª base. Barre o bolo com chantily e, por cima, espalhe as lascas de amêndoas. Com o resto do chantily, encha um saco de pasteleiro com bico estriado para formas uma borda ondulada. Polvilhe com açúcar em pó.

Fruta??? E After Eight? :)

Bem, hoje não é receita nenhuma, mas uma sugestão…

Digam lá que não apetece comer? 🙂

Ananás e morangos, regados com topping de chocolate e uns after eights..

Espero que gostem!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...