Semifrios de mirtilo

Uns semifrios mesmo bons!! Adoro a cor dos mirtilos!
Eu cá acho que além de bons, ficaram mesmo bonitinhos não acham?
_DSC0325
Ingredientes:
400 gr bolacha aveia
175 gr manteiga magra s/ sal
500 gr iogurte mirtilos
200 gr queijo creme magro
50 gr frutose
6 folhas gelatina
mirtilos q.b._DSC0334

Preparação:
Triture as bolachas, adicione a manteiga e continue a amassar.
Aqueça um pouco de iogurte e derreta as folhas de gelatina. Deixe arrefecer.
Junte a frutose com o iogurte e mexa bem. Envolva o queijo creme até estar uniforme. Finalmente junte a gelatina e mexa bem.
Coloque papel vegetal a envolver os aros e forre o fundo com a massa de bolacha. Por cima coloque o recheio. Leve ao frio até solidificar.
Decore com mirtilos ou faça uma compota de mirtilos 🙂_DSC0346

Bavaroise de manga

O meu mori grande faz anitos hoje :)… Parabéns amori, venham muitos e bons!!!

Depois do bavaroise de limão, deu-nos vontade de testar com manga.
Também o tornámos um pouco mais light, visto que substituí-mos as natas por claras. Ficou muito bom

_DSC0179
Ingredientes:
300 ml leite
100 gr açúcar
8 folhas gelatina
5 claras
1 lata peq polpa manga_DSC0177

Preparação:
Leve ao lume o leite com o açúcar e 260 gr de polpa de manga e deixe aquecer bem. Entretanto, demolhe as folhas de gelatina num pouco de leite morno, por 3 minutos; escorra-as e junte-as ao leite quente, mexendo sempre, até derreterem, deixe amornar.
Bata as claras em castelo e envolva cuidadosamente no preparado anterior e verta numa forma; leve ao frio para solidificar.
Para desenformar, mergulhe a forma em água quente, para descolar e vire sobre um prato de servir. Verta mais um pouco da polpa de manga em cima do bavaroise.

Shortbread c/ cobertura de amêndoa crocante

Adoramos shortbread cá por casa… Adoramos igualmente a cobertura das tartes de amêndoa.
E porque não juntar as 2? 🙂
Ficou bem apetitoso.

_DSC0056
Ingredientes:
300 gr manteiga c/ sal
200 gr açúcar
1 pitada de sal
500 gr de farinha

Cobertura:
100 gr amêndoa laminada
80 gr açúcar
50 gr manteiga
2 dl leite

Preparação:
Bata a manteiga com o açúcar e o sal. Peneire a farinha e amasse tudo com rapidez, de modo a obter uma massa quebrada. Deixe repousar no frigorífico durante 2 h.
Com o rolo, tenda a massa e corte os vários círculos. Com o canto da faca, desenhe uns losangulos sobre a massa para que, depois de cozidos, os shortbreads possam ser facilmente partidos à mão. Se desejar polvilhá-los depois com açúcar em pó, antes de levá-los ao forno, aplique gema de ovo sobre a superfície com a ajuda de um pincel. Coloque-os sobre um tabuleiro previamente untado e pique-os com um grafo. Leve-os ao forno previamente aquecido (190ºC) durante 20 min, até adquirirem um tom dourado.
Entretanto, prepare a cobertura; coloque a amêndoa laminada num tacho com o açúcar, a manteiga e o leite. Leve a lume brando, mexendo de vez em quando até engrossar ligeiramente. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Distribua depois a amêndoa sobre a tarte, com a ajuda de uma escumadeira, e leve novamente ao forno, até alourar. Deixe arrefecer completamente, desenforme e sirva.

Flã de canela com calda de morangos

Esta receita vem numa revista “mariana culinária”.
É agradável e fresquinha, ideal para dias um pouco mais quentes 🙂_DSC0212

Ingredientes:
1 lt leite meio-gordo
200 gr açúcar
2 paus canela
10 folhas gelatina incolor

Molho:
200 gr morangos maduros
80 gr açúcar
0,5 dl vinho porto

Preparação:
Leve ao lume o leite com o açúcar e os paus de canela, até levantar fervura. Entretanto, demolho as folhas de gelatina em água fria, por 3 min; escorra-as e junte-as ao leite quente, mexendo sempre com uma vara de arames, até derreterem.
Retire os paus de canela e verta o preparado numa forma de chaminé, com 20 cm diâmetro; leve ao frio para solidificar. Para desenformar, mergulhe a forma até 2/3 de altura em água quente, para descolar, e vire sobre um prato de servir, reserve no frio.
Para o molho, lave os morangos e retire-lhes o pedúnculo e reduza-os a puré, com uma varinha mágica. Adicione o açúcar e o vinho do Porto e leve ao lume, mexendo de vez em quando, até ferver, por 10 min.
Retire do calor e deixe arrefecer. Verta o molho em volta do flã e sirva fresco.

Bavaroise de limão

Sabem quando vos apetece algo doce e rápido de preparar? Esta é uma dessas sobremesas!!
Fácil de fazer e melhor ainda de comer!!!
Adaptada da revista Mariana culinária, fizemos umas alterações e ficou mesmo fantástica 🙂
_DSC0121
Ingredientes (6 pess) :
3 dl leite
200 gr açúcar
2 limões (raspa e sumo)
6 folhas gelatina incolor
4 dl natas frias

Decoração:
Doce de gengibre  (ou outro à escolha)
água q.b._DSC0125

Preparação:
Leve ao lume o leite com o açúcar e a raspa dos limões e deixe aquecer bem. Entretanto, demolhe as folhas de gelatina em água fria, por 3 minutos; escorra-as e junte-as ao leite quente, mexendo sempre, até derreterem, deixe amornar.
Depois envolva as natas batidas em neve no preparado anterior e verta numa forma, com 20 cm de diâmetro; leve ao frio para solidificar.
Para desenformar, mergulhe a forma em água quente, para descolar e vire sobre um prato de servir. Aqueça um pouco de geleia com um pouquinho de água para ficar mais líquido e verta em do bavaroise.

Pavê de cerejas

Uma receita que saiu na mulher moderna na cozinha.
Adoramos cerejas e ofereceram-me muitas, decidimos então fazer umas sobremesas com as ditas.
Para começar saiu um pavê, e estava bem bom!!
_DSC6702

Ingredientes:
500 gr cerejas
260 gr açúcar
8 colh sopa água
1 pau de canela
7 folhas gelatina incolor
2 dl natas
200 gr iogurte grego
2 claras
10 palitos de champanhe

page

page1

_DSC6679

Preparação

Lave as cerejas, seque, descaroce e coloque num tacho. Junte 200 gr do açúcar, a água e o pau de canela; tape e leve a lume brando, mexendo até a cereja estar cozida. Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria durante 5 min; escorra e reserve.
Retire do lume a cereja cozida, escorra e reserve o líquido. Junte 4 colheres de sopa, do caldo da cozedura e metade das cerejas e triture. Adicione as folhas de gelatina a este puré, mexa até se dissolverem, e reserve.
Bata as natas até ficarem firmes, junte-lhes o iogurte e envolva. Bata as claras em castelo, adicione-lhes o açúcar restante e bata mais um pouco. Envolva-as no preparado de natas e junte ao preparado de cereja. Corte as restantes cerejas em pedaços e adicione.

_DSC6713
Passe o interior de uma forma rectangular por água, escorra e forre com película aderente. Deite o preparado de cereja na forma, alternando com os palitos de champanhe embebidos no líquido da cozedura das cerejas e leve ao frigorífico até solidificar. Sirva fresco, decorado com doce de cereja.

_DSC6694

Pudim de pão do Jamie

Na revista anual do Jamie, vem este pudim de pão, que é feito com pão de gengibre.
Por muito que adorasse experimentar, não encontrei, então fizemo-lo com um pão de nozes e figos e ficou bem bom!!
Diferente e muito apetitoso!

Ingredientes (6 pess):
25 gr manteiga
500 gr pão de noz e figos, fatiado
75 gr sultana
raspa da casca de 1/2 laranja
400ml leite gordo (usámos magro)
2 ovos
50 gr açúcar amarelo
1 pitada de canela
Pré-aqueça o forno a 180º C. Barre as fatias de pão com manteiga e coloque-as em camadas, com a manteiga voltada para baixo, numa assadeira redonda com 25 cm, alternando com camadas de passas e raspa de laranja
Bata o leite com os ovos, o açúcar e a canela e deite sobre o pão. Deixe ensopar por 15 minutos. Regue com um pouco mais de leite, se estiver muito seco. Leve ao forno por 30-45 minutos at+e estar dourado e firme.

Fios D’ovos outra vez

Já tinha colocado esta receita aqui, mas para a receita que sairá amanhã, é composta pelas anteriores e por esta. Por estarem ligadas, repito-a 🙂

Esta receita saiu no livro da vaqueiro “Livro de receitas de pastelaria e sobremesas”. 

Fizemos já e congelámos alguns, porque hão-de vir receitas com eles 🙂
Ingredientes:
10 gemas
2 ovos
750 gr açúcar
2,5 dl água

Preparação:
Passe as gemas e os ovos por um passador impecavelmente limpo. Misture com um garfo.
Leve ao lume o açúcar e a água e deixe ferver sobre lume brando até obter ponto de pérola. Retire a espuma escura que se formar à superfície com o auxílio de uma escumadeira.
Deite um pouco da mistura de gemas e claras para dentro de um funil próprio e deixe cair sobre a calda, executando sempre movimentos circulares. (Nós fizemos este processo manualmente, com uma colher, visto que não temos o funil).
Retire os fios d’ovos à medida que estiverem cozidos e ponha-os a escorres sobre uma rede.
Mantenha a densidade da calda, acrescentado um pouco de água fria sempre que necessário.

Fios D’ovos

Esta receita saiu no livro da vaqueiro “Livro de receitas de pastelaria e sobremesas”. 
Fizemos já e congelámos alguns, porque hão-de vir receitas com eles 🙂
Ingredientes:
10 gemas
2 ovos
750 gr açúcar
2,5 dl água

Preparação:
Passe as gemas e os ovos por um passador impecavelmente limpo. Misture com um garfo.
Leve ao lume o açúcar e a água e deixe ferver sobre lume brando até obter ponto de pérola. Retire a espuma escura que se formar à superfície com o auxílio de uma escumadeira.
Deite um pouco da mistura de gemas e claras para dentro de um funil próprio e deixe cair sobre a calda, executando sempre movimentos circulares. (Nós fizemos este processo manualmente, com uma colher, visto que não temos o funil).
Retire os fios d’ovos à medida que estiverem cozidos e ponha-os a escorres sobre uma rede.
Mantenha a densidade da calda, acrescentado um pouco de água fria sempre que necessário.

Amendoados de banana Australianos

Esta receita saiu do livro “As 100 mais famosas sobremesas do mundo”.

Deram um pedacinho de trabalho,  mas ficaram gostosas!!! Com o aviso que são super doces, aconselhadas a pessoas muito gulosas 🙂
“Estes amendoados possuem um sabor muito agradável e delicado na medida em que são confeccionados com as bananas doces que são colhidas desde o Sudeste asiático até à Polinésia”
Ingredientes (16 bolinhos):
8 bananas pequenas
400 gr massapão
200 gr de açúcar
raspa de 1 limão
50 gr amêndoas peladasraladas em pedaços muito finos
3 claras de ovo
Para o creme de chocolate:
80 gr manteiga amolecida
2,5 dl nata
2 cl de araca (usámos whisky)
400 gr chocolate
além disso:
600 gr chocolate para embeber os bolinhos
Açúcar e raspas de pistácios para polvilhar
Preparação:
Para a massa amendoada, coloque numa tigela o massapão, o açúcar, a raspa de lima, as amêndoas e apenas 1 clara de ovo, no início. Misture e amasse tudo muito bem com a mão ou uma colher de pau. Sucessivamente , vá juntando as 2 claras de ovo restantes e misture até obter  uma massa lisa, pronta a ser colocada num saco de pasteleiro. Forre o tabuleiro com papel vegetal, e, com um lápis, desenhe os contornos das bananas. Encha com a massa amendoada um saco de pasteleiro munido de um bico redondo nº8, sobre o papel, disponha a massa em forma de bananas, conforme apresentam as fotos. Polvilhe um pouco de açúcar de modo a que os amendoados fiquem com uma cobertura estaladiça, e deixe secar durante 2 a 3 horas, no mínimo. Leve os amendoados a cozer no forno previamente aquecido (150ºC), durante 12 ou 15 min, até ficarem dourados. Deixe arrefecer um pouco, vire a folha de papel vegetal com os amendoados ao contrário e passe com um pincel molhado. Assim, torna-se mais fácil desprender o papel depois. Para preparar o creme de chocolate, ferva as natas e adicione o chocolate cortado em pedacinhos finos. Com uma colher, mexa tudo até que o chocolate  se dissolva na totalidade e retire-o imediatamente do lume. Deixe que este creme arrefeça e fique duro. Com a vara de arames, bata até obter um creme fofo e, pouco a pouco, vá adicionando a manteiga esfarelada. O creme tem de se apresentar um aspecto atraente e vaporoso.. No final, adicione a araca. Com este creme, encha o saco de pasteleiro munido de um bico estriado nº 8 e conforme apresentam as fotografias, forme as costas dos amendoados uma linha serpenteante. Descasque as bananas, corte-as ao meio ao longo do comprimento, coloque uma das metades da banana sobrem o creme e pressione um pouco. Entretanto dissolva o chocolate em banho-maria. Coloque os amendoados sobre uma rede de cozinha e cubra-as com uma cada de chocolate. Polvilhe com o crocante de pistácios por cima
Crocante de pistácios: Dissolva o açúcar até obter um caramelo claro e, então, adicione e misture os pistácios. Coloque este preparado sobre uma superfície de trabalho untada com margarina e tenda-o com o rolo da massa. Dê golpes sobre o crocante arrefecido de forma a que o granulado não fique muito fino.

Massa de amêndoa e massapão

Mais uma receita retirada do “Livro de receitas de pastelaria e sobremesas” da vaqueiro.

Fizemos massapão, porque no livro das 100 mais famosas sobremesas do mundo, tem várias receitas para utilizá-la…. Aguardem 😉

Massa de amêndoa

Ingredientes:
250 gr amêndoas peladas
6 gotas de essência de amêndoa
1 colh sopa limão
150 gr açúcar em pó
1 clara
1 colh sopa mel
1 colh sopa água

Preparação:
Rale finamente no robot de cozinha a amêndoa. Junte a essência de amêndoa e o sumo de limão.
Adicione o açúcar em pó e a clara. Junte ainda o mel e a água. Ponha tudo numa caçarola e leve a secar, sobre lume brando, mexendo sempre, durante cerca de 5 min.
A massa de amêndoa está pronta quando não colar aos dedos.

Massapão:


Peneire 200 gr de açúcar em pó e junte a 400 gr de massa de amêndoa amassando bem.
Para obter massapão colorido adicione algumas gotas de corante alimentar e trabalhe a massa até a cor ficar uniforme.

Fondant

Este fondant foi feito para ser utilizado numa outra receita, mas falaremos disso noutro dia.
A receita foi retirada de um livro da vaqueiro, bem velhinho. Fizemos metade dela, e o menino diz que dá imenso trabalho 🙂

Ingredientes:
500 gr açúcar
2,5 dl água

Preparação:
Leve a derreter, sobre lume muito brando o açúcar com a água.
Aumente o calor progressivamente e deixe ferver até obter ponto assoprado (115ºC). Limpe a espuma escura que se formar à superfície com uma escumadeira.
Retire do lume e deite a calda sobre a pedra da bancada, impecavelmente limpa.
Trabalhe a calda com uma espátula, em movimentos de vai-vem, até esta ficar branca e pastosa.
Guarde em caixa hermética e conserve no frigorífico.
Na altura de aplicar, derreta o fondant em banho-maria e espalhe sobre  bolo com uma espátula.

Baklava

Mais uma receita retirada do livro “as 100 mais famosas sobremesas do mundo”. Esta é originária da Turquia, e resultou maravilhosamente. Não esperem uma receita muito doce, porque é doce q.b., estaladiça q.b. e viciante demais 🙂

“A Baklava é confeccionada em praticamente todos os países do Médio Oriente, da Grécia até à costa do norte de África”

Ingredientes:
Para a massa:
300 gr farinha
0,6 dl água
1 ovo
1 pitada de sal
1 colh sopa azeite

Para o recheio:
300 gr de nozes
100 gr pistácios
1 ovo
125 gr manteiga
1 colh chá canela moída
4 colh sopa mel (usámos mais 2 colh)
1/2 vagem de baunilha

Para o xarope:
100 gr açúcar
1,25 dl água
2 colh sopa mel
sumo e raspa de 1/2 limão

Além disso:
100 gr manteiga para barrar
20 gr sementes de sésamo

Preparação:
Peneire a farinha sobre a mesa, faça uma cova no meio e deite aí a água, o ovo, o sal e o azeite. Amasse tudo até obter uma massa lisa. Coloque-a numa tigela e tape-a com um pano. Deixe repousar durante 30 min. Amasse de novo, tape mais uma vez e deixe repousar durante mais 20 min. Repita este processo mais duas vezes.
Para o recheio pique as nozes e os pistácios, derreta a manteiga, adicione as nozes, os pistácios, o ovo, a canela, o mel e a polpa de baunilha e misture muito bem.
Divida a massa em 12 partes. Com o rolo, tenda a massa, de forma a obter camadas de massa com 12 cm de diâmetro. Tape com um pano humedecido, deixe repousar e tenda de novo as camadas de massa com o rolo, até ficarem com 26 cm de diâmetro.
Unte ligeiramente com margarina o tabuleiro. A baklava é composta por 12 camadas de massa e 5 de recheio. Comece pelo fundo do bolo. Assim, barre a base com manteiga  derretida. Por cima, coloque a segunda camada de massa, barre-a com manteiga derretida mas, por cima, coloque a primeira camada de recheio. A manteiga entre as diferentes camadas contribui para que a massa continue estaladiça depois de cozida, com uma consistência semelhante à da massa folhada. Com um pincel, barre a última camada com água. Leve o bolo a cozer no forno previamente aquecido (200º C) durante cerca de 45 min. Durante a cozedura, unte repetidamente o bolo com manteiga para evitar que seque. Para preparar o xarope, ferva durante 15 min o açúcar, a água, o mel, o sumo e a raspa da casca do limão.

Pavê de morangos e nata

Esta receita vem na mulher moderna deste mês. Esta revista trás sempre sobremesas bem vistosas e apetitosas.
Mais uma testada e aprovada… Simplesmente maravilhosa.
Não é doce demais, fica fresquinha e nada enjoativa… simplesmente perfeita!!!!



Ingredientes:
5 folhas gelatina vermelha
400 gr morangos
1/2 limão (sumo)
240 gr açúcar
20 gr farinha
1 ovo
1 gema
2,5 dl leite
5 folhas gelatina incolor
2 claras
200 ml de natas
150 gr queijo creme
15 palitos de la reine
leite, morangos q.b.



Preparação:
Demolhe as folhas de gelatina vermelhas em água fria. Lave e arranje 300 gr dos morangos. corte-os em pedaços e coloque-os num tacho com o sumo de limão e 80 gr de açúcar. Leve a lume brando e deixe cozinhar até que os morangos se encontrem cozidos. 
Retire, junte as folhas de gelatina escorridas e passe por um passador de rede. Deixe arrefecer.
Junte 80 gr do açúcar com a farinha, o ovo, a gema e o leite. Leve a lume brando, mexendo sempre até engrossar, sem deixar ferver. Deixe arrefecer e junte ao preparado de morango, envolvendo bem com um batedor de varas.
Passe uma forma rectangular por água fria, escorra-a e forre-a com película aderente, de maneira a que esta cole às paredes da mesma. Preencha-a com o preparado de morangos e alise. Leve ao frigorífico até ficar firme.



Demolhe as folhas de gelatina incolor em água fria. Bata as claras e junte-lhes o restante açúcar. À parte, bata firmemente as natas e envolva-as no preparado de claras, alternando com o queijo-creme. Retire três colheres, de sopa, deste preparado e junte-lhes as folhas de gelatina escorridas. Leve a lume brando e mexa bem até que se dissolvam. Retire e torne a juntar ao preparado. Coloque na forma, sobre o preparado de morango já sólido.
Passe os palitos por leite e disponha-os na superfície do doce. Reserve-os no frigorífico de um dia para o outro. Desenforme sobre um prato e descole cuidadosamente a película aderente. Sirva o pavê bem fresco, decorado a gosto.
Nós usámos um pouco do doce de frutos vermelhos.


Rosquinhas de laranja da Tunísia

Saiu mais uma receita do livro “As 100 mais famosas sobremesas do mundo”. 
Como diz a introdução do livro: “Na Tunísia, estas rosquinhas de massa recebem o nome de Yo-yo e possuem um sabor agradável e fresco a laranja”.
Subscrevemos inteiramente, e acrescentamos que são uma delícia :)…

Ingredientes:
Para a massa:
2 ovos
1 gema 
50 gr açúcar
4 colh sopa de óleo
4 colh sopa sumo de laranja
3 a 4 colh sopa raspa de laranja
30 gr fermento em pó
350 gr farinha

Para a calda:
0,5 l de água
2 colh sopa sumo de limão
350 gr açúcar
60 gr mel

3 a 4 colh sopa sumo de laranja
2 colh sopa raspa de laranja

Preparação:
Coloque os ovos numa tigela, a gema, o óleo, o sumo de laranja, a raspa de laranja e o açúcar. Bata vigorosamente com a vara de arames até obter uma massa lisa. Continuando sempre a bater, vá adicionando aos poucos o fermento em pó misturado com a farinha peneirada. Continue a bater até que a massa se desprenda de uma colher. No caso de ser necessário, adicione um pouco mais de farinha. Tape a tigela e deixe repousar durante 30 minutos no mínimo.
Para a calda, ferva num tacho a água com o sumo de limão e o açúcar. Continue sempre a mexer até que o açúcar se dissolva na sua totalidade. Deixe ferver durante mais 5 min até que se forme uma bola pequena, ou seja, a calda tem de ferver o tempo necessário para que uma gota de calda, ao cair em água gelada, se transforme imediatamente numa bolinha. Baixe o lume e sem parar de mexer, adicione o sumo de laranja, o mel e a raspa da casca de laranja. Tape outra vez o recipiente e retire do lume.
Encha a frigideira com óleo e aqueça. Com as mãos enfarinhadas, forme umas bolas de massa. Divida em 20 partes. De cada parte, forme, por sua vez, umas bolinhas com 4 cm de diâmetro. Achate-as ligeiramente e, com um dedo enfarinhado ou com uma colher de cozinha, faça um orifício no centro da massa. Coloque, de cada vez, 2 ou 3 rosquinhas no óleo a ferver, e deixe-as frita durante cerca de 5 min. De vez em quando, vire-as ao contrário com uma escumadeira. As rosquinhas têm de ficar com um tom dourado. Retire-as do óleo e coloque-as sobre papel de cozinha absorvente para eliminar a gordura.
com um garfo, pique repetidamente as rosquinhas ainda quentes. Com a ajuda de umas pinças, embeba-as na calda até ficarem bem impregnadas.

Barritas de chocolate e manteiga de amendoim

Mais uma receita do livro “chocolate”… As imagens falam por si, mas se me é permitido acrescentar algo, eu digo.. Fenomenais 🙂

Ingredientes:

300 gr chocolate de leite
2 1/2 cháv farinha
1 colh chá de fermento pó
1 cháv margarina sem sal
1 3/4 cháv açúcar amarelo
2 cháv flocos de aveia
1/2 cháv mistura de oleaginosas (usámos pinhões, amêndoas e avelãs), picadas
1 ovo batido
1 3/4 cháv leite condensado (usámos cozido)
1/3 cháv manteiga de amendoim


Preparação:
Aqueça previamente o forno a 180º C. Corte finamente o chocolate. Peneire a farinha e o fermento para uma tigela grande.
Adicione a margarina e misture até obter um preparado semelhante a pão ralado. Mexendo, junte o açúcar, os flocos de aveia e as oleaginosas.
Transfira um quarto da mistura para outra tigela e adicione o chocolate cortado. Reserve.
Ao preparado remanescente acrescente o ovo, mexendo. Com esta massa forre um tabuleiro 30X20 cm (improvisámos e fizemos numa forma redonda de fundo amovível),

Leve ao forno pré-aquecido durante 15 min. Entretanto, misture o leite condensado e a manteiga de amendoim. Verta a mistura para a base já cozida e espalhe uniformemente, depois polvilhe a mistura de chocolate reservada, por cima e pressione ligeiramente.

Volte a colocar no forno e coza durante mais 20 min, até que fique dourada. Deixe arrefecer no tabuleiro , depois corte em barras.


Salame de chocolate

Esta receita foi-me dada por uma grande amiga. 
Foi a primeira vez que experimentámos cá em casa, foi o menino que fez 🙂 Fica excelente.

Ingredientes:
100 gr margarina
100 gr açúcar
200 gr bolacha maria 
125 de chocolate em pó 
2 ovos 
Preparação:
Partir as bolachas em pedaços. Juntar os restantes ingredientes e amassar muito bem. 
Enrolar o salame do tamanho desejado, enrolar em papel de alumínio. 
Levar ao frigorífico para solidificar.

Queques de lama

Aproveitando um restinho de massa que sobrou daqui, fez um pouco de massa e fez uns queques bem gostosos :)…

Ingredientes da massa:
60 gr margarina
60 gr açúcar
120 gr farinha
1 ovo


Preparação:
Amassar todos os ingredientes. Se ficar mole demais juntar um pouco mais de farinha, de forma a poder estender com o rolo da massa.

Não é massa de queques, e depois de arrefecerem encovaram um pouco, mas ficam super cremosos por dentro… Uma delícia, e não se estragou recheio 🙂

Quadrados de chocolate & caramelo

Outra receita do livro “chocolate”. Das que já testámos, quanto a nós, esta foi a mais “fraca”. No entanto fica a receita e fotos, no caso de alguém se querer aventurar 🙂


Ingredientes:
1/3 cháv margarina amolecida
1/3 cháv açúcar amarelo
1 cháv farinha
½ cháv flocos aveia

Recheio de caramelo:
2 colh sopa margarina s/ sal
2 colh sopa de açúcar amarelo
3/4 chav leite condensado

Cobertura:
100 gr chocolate semi-amargo
25 gr chocolate branco (opcional)

Preparação:
Aqueça previamente o forno a 180º C. Bata numa tigela a margarina com o açúcar até obter uma consistência leve e fofa. Batendo, adicione a farinha e os flocos de aveia. Se necessário, use os dedos para envolver bem a mistura.
Usando as mãos calque a mistura sobre a base de uma forma quadrada pouco funda de 20 cm.
Leve ao forno, previamente aquecido, durante 25 min ou até ficar dourado e firme. Deixe arrefer na forma.
Coloque, numa caçarola em lume brando, os ingredientes para o recheio de caramelo e mexa-os até o açúcar dissolver e os ingredientes estejam bem combinados. Deixe lentamente kevantar fervura e depois ferva durante 3-4 min, mexendo constantementem até o recheio engrossar.
Deite o recheio de caramelo sobre a base de biscoito, alise a superfície com uma espátula e deixe repousar.
Para a cobertura, derreta o chocolate semi-amargo e espalhe-o sobre o caramelo. Se usar o chocolate branco, derreta-o em banho-maria. Recorrendo a um saco de pasteleiro, faça linhas sobre o chocolate preto. Usando um palito desenhe o chocolate branco no preto. Deixe repousar. Corte aos quadrados e sirva.

Barritas de chocolate e pistácio

Esta foi a receita que me fez comprar o livro “chocolate”. 
Já fizemos algumas receitas, todas elas com resultados divinais à vista e não só. Esta não foi excepção…
No final ficamos com a sensação que a casca de limão não era de todo necessária, ou reduzir a quantidade (logo eu que adoro limão em tudo, mas aqui era desnecessário). Mas também pode ter sido, ter tido azar nos limões que comprei, porque eram azedoooosss :)…
Experimentem, super simples, e uma delícia 🙂



Ingredientes:
2 colh sopa margarina sem sal, mais um pouco para untar
175 gr chocolate semi-amargo partido em pedaços
2 1/2 cháv de farinha c/fermento
1 1/2 colh chá fermento em pó
1/2 cháv açúcar granulado
1/2 chá farinha milho 
raspa fina de 1 limão
2 colh chá amaretto (usámos whisky)
1 ovo, ligeiramente batido
3/4 cháv pistacios, grosseiramente picados
2 colh chá açúcar em pó para polvilhar



Preparação:
Aqueça o forno a 160º C. Unte um tabuleiro com margarina. 
Derreta o chocolate e a margarina em banho maria. Mexa sempre até o chocolate derreter. Retire do lume e deixe arrefecer ligeiramente.

Numa tigela, junte a farinha e o fermento em pó peneirados. Mexendo, adicione o açúcar, a farinha de milho, a raspa de limão, o amaretto, o ovo e os pistacios. Incorpore o chocolate e bata até obter uma massa macia.
Enfarinhe ligeiramente as mãos, divida a massa em dois, e molde cada pedaço num cilindo. Transfira os cilindros para um tabuleiro preparado e achate-os, com a palma da mão, até ficarem da grossura de 2 cm. Leve as barras ao forno pré-aquecido durante 20 min ou até ficarem firmes ao toque.

Retire o tabuleiro e deixe arrefecer as barras. Quando estiverem frias, coloque as barras numa tábua de cortar e corte-as na diagonal de modo a fazer barritas finas. Leve-as de novo ao forno por mais 10 min até ficarem crocantes. Retire do forno, deixe arrefecer, e polvilhe ligeiramente com açúcar em pó.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...